setinha

 






 

Metade dos brasileiros não conhece apps de streaming de música

Apesar de serviços como Spotify, Deezer e Rdio estarem cada vez mais comuns no país, metade dos internautas brasileiros não conhece apps de streaming de música pelo smartphone. Os dados são de uma pesquisa realizada pela Opinion Box em parceria com a Mobile Time.




(Leia mais)


Brasil: Múltiplas Identidades

II Ciclo ESPM de Comunicação e Marketing

O evento que discute a diversidade identitária brasileira para refletir sobre a posição que queremos ocupar no mundo, agora em segunda edição.



(Leia mais)


Streaming de música: herói ou vilão da indústria?

Recentemente, o Olhar Digital publicou um review dos principais serviços de streaming de áudio disponíveis no Brasil. Mostramos o que Spotify, Rdio e Deezer oferecem e também seus diferenciais. Aliás, a gente acredita que essa tecnologia pode mudar mais uma vez a indústria da música. Mas um comentário em específico no nosso site chamou nossa atenção. O Fábio, de Porto Alegre, questionou sobre o impacto dos serviços de streaming na indústria fonográfica. E como a gente sempre ouve quem nos acompanha, decidimos ir um pouco mais fundo nessa história. Será que o streaming vale a pena?



(Leia mais)



A Associação Brasileira da Música Independente (ABMI) foi fundada em janeiro de 2002 e surgiu de vários encontros de independentes para se discutir a organização do setor.

© Copyright ABMI. Todos os direitos reservados. Contato: abmi@abmi.com.br.


banner