Mercado



  • Emenda 75

ESTUDOS DE MERCADO - Banda Larga Digital

Conteúdo de Banda Larga Digital: Música - Estudo realizado pela OECD - The Organisation for Economic Co-operation and Development

Este relatório foi apresentado ao Grupo de Trabalho de Economia da Informação em dezembro de 2004 e publicado pelo Comitê de Informação, Informática e Política de Comunicações em março de 2005.

O conteúdo digital e a transferência de conteúdo e de informações digitais estão se tornando cada vez mais onipresentes, guiados pela expansão das capacidades tecnológicas e performances das plata- formas de transferência de dados, pelo rápido crescimento das tecnologias de banda larga e pela melhora nas performances dos equipamentos e programas. A convergência da rede de trabalho e a alta velocidade da banda larga têm atraído atenção quanto ao seu conteúdo e aplicações, que prometem novas oportunidades de negócios, desenvolvimento e serviço.

No encontro de março de 2003, o Comitê de Política de Informação, Informática e Comunicação debateu a interligação da banda larga, o desenvolvimento do conteúdo digital e a política de produtos. O Comitê adotou dois caminhos para este trabalho: a) uma declaração sobre a promoção e desenvolvi- mento de banda larga; e b) o desenvolvimento de uma proposta de trabalho sobre conteúdo digital. No encontro de outubro de 2003, foi estabelecido que o Comitê deveria incumbir-se de análises mais amplas sobre o conteúdo da banda larga digital, concentrando-se no desenvolvimento e criação de valores, diretrizes e barreiras para incrementar mudanças das estruturas de mercado e surgimento de produtos com o aprimoramento de novas plataformas de transferência.

Em fevereiro de 2004, seguindo a preparação do Comitê ICCP, a OECD adotou a Recomendação do Conselho de Desenvolvimento de Banda Larga (ver Quadro 1), designando dez recomendações para os países da OECD no estabelecimento ou na revisão de suas políticas de banda larga. Estas recomendações reconhecem o aumento da atenção dispensada pelas políticas aos avanços dos conteúdos de banda larga e suas aplicações. O Comitê ICCP foi convocado a controlar o desenvolvimento da banda larga no contexto de suas Recomendações dentro dos três anos de sua adoção e sua subseqüente regulamentação.

Em abril de 2004, o Comitê ICCP concordou com um plano de trabalho em desenvolvimento de conteúdo de banda larga digital, o qual foi encaminhado para o Grupo de Trabalho na Informação Econômica (WPIE), junto com o Grupo de Trabalho em Políticas de Telecomunicações e Serviços de Informação (WPTISP). O WPIE é encarregado de inventariar os estudos dos setores onde o conteúdo digital está transformando cadeias de valores e modelos de negócios. Os setores estudados inicialmen- te são: publicações científicas, música, computadores, jogos on-line e conteúdos e serviços de telefo- nia celular. Os estudos são designados para, posteriormente, identificar temas analíticos, políticos e de medidas, e preparar a base para análises mais profundas das conseqüências horizontais e desafios para o desenvolvimento do conteúdo de banda larga e suas aplicações. O WPIE auxiliou o Painel de Con- teúdo de Banda Larga Digital em junho de 2004, e um Workshop de Conteúdo de Banda Larga Digital, em dezembro de 2004. 1

Outras análises políticas estão sendo empreendidas na área de conteúdo digital. Para mais informa- ções, veja www.oecd.org/sti/digitalcontent.

Baixe o estudo completo pelo link abaixo.


oecd.pdf